quinta-feira, 31 de março de 2011

Flores do outono;

O outono é a estação do ano que sucede ao verão e antecede o inverno. É caracterizado por queda na temperatura, e pelo amarelar das folhas das árvores e pela floração de algumas plantas três delas são:

Quaresmeira (Tibouchina granulosa)
A quaresmeira é uma árvore de beleza notável, que encanta por sua elegância e exuberante floração. Seu porte geralmente é pequeno a médio, podendo atingir de 8 a 12 metros de altura. O tronco pode ser simples ou múltiplo, com diâmetro de 30 a 40 cm. As folhas são simples, elípticas, pubescentes, coriáceas, com nervuras longitudinais bem marcadas e margens inteiras.A floração ocorre durante o outono, despontando abundantes flores pentâmeras ,simples, com estames longos e corola arroxeada.O fruto é pequeno, indeiscente, marrom, com numerosas sementes minúsculas, dispersas pelo vento. Mesmo quando não está em flor, a quaresmeira é ornamental. Sua copa é de cor verde escura, com formato arredondado, e sua folhagem pode ser perene ou semi-decídua, dependendo da variação natural da espécie e do clima em que se encontra.
Por suas qualidades, ela é uma das principais árvores utilizadas na arborização urbana no Brasil, podendo ornamentar calçadas, avenidas, praças, parques e jardins em geral. Seu único inconveniente é a relativa fragilidade dos ramos, que podem se quebrar com ventos fortes, provocando acidentes. Com podas de formação e controle, pode-se estimular seu adensamento e mantê-la com porte arbustivo.

DICA:

  • Cultivada a pleno sol.
  • Em grandes áreas, se plantadas agrupadas nas tonalidades roxo e rosa, criam um contraste de cor exuberante.

Azaléia (Rhododendron simsii)
As azaléias são arbustos de folhagem verde-escura e floração abundante. Suas flores simples ou dobradas podem ter cores diferentes, como branco, rosa, vermelho ou mescladas.
Há muitas variedades com portes diferentes também, umas mais pequenas para plantio em vasos e para formação de maciços e outras maiores capazes de formar cercas vivas.

DICA:
·        Cultivada a pleno sol
·        Podem ser podadas em formato de bola, que compõem jardins clássicos.


Flor de maio (Schlumbergera truncata)

Um dos cactos mais apreciados e difundidos, a flor-de-maio, floresce em pleno outono. Seu caule é formado de várias partes (artículos) que podem ser destacados para formar novas plantas.



DICA:

·        Deve ser cultivado em substrato para epífitas misturado à terra vegetal, regada periodicamente, à meia-sombra.
. A cada ano, após a floração, formam-se novos artículos que serão os responsáveis pela próxima florada. Suas flores delicadas, grandes e brilhantes, podem ser rosas, brancas, laranjas e vermelhas e atraem beija-flores.

Um comentário:

  1. Oi Karla, adorei seu blog!!! muito legal!!! vou passar p/ meus clientes. Parabéns!! bjos

    ResponderExcluir